Compositor faz críticas ao STF

O cenário político brasileiro tem sido campo fértil para o compositor mariliense Mário Milani. Os recentes atritos entre o Supremo Tribunal Federal (STF) e o Governo Federal inspiraram o artista a produzir a canção “STF Brasil”. O lançamento pode ser ouvido no YouTube, Facebook, em todas as plataformas digitais, do Brasil e do mundo.

Além de compor, Milani também escreve crônicas, poesias e livros. Sua obra está disponível em mariomilani.com.br. Segundo ele, “muitas pessoas me disseram que a música é polêmica. Porém apenas traduzi as frustrações de alguns setores sociais com certas decisões do STF. Creio que liminares favoráveis a condenados por corrupção são o principal motivo desse clamor”.

Para muitos, num panorama como esse, a música tem o poder de dar liberdade à população, especialmente, quando se podem compartilhar letras e pensamentos nas mídias sociais. Nesse sentido, o olhar poético do autor vai ao encontro dos desejos de grande parte da população do Brasil e do Exterior.

Confira, abaixo, o refrão de “STF Brasil”:

Supremo Tribunal Federal, para nação faz tanto mal
Salve – salve os nobres – salve – salve os nobres
Pátria amada Brasil, céu azul cor de anil
Prisão para o pobre – STF Brasil

Segundo Milani, os acontecimentos do Jardim do Éden, descritos no livro “Gênesis”, da Bíblia, que se refere ao jardim de Deus, também o inspirou a produzir a música. “Adão caiu em tentação, Eva conheceu o mal. Podemos comparar esse cenário com o político: no caso, o mal é o Supremo Tribunal Federal”.

A sequência da música também remete a passagens bíblicas, visto que narra a um ocorrido de quase dois mil anos, quando Jesus foi entregue à multidão, naquele que, para muitos, se tornou o maior escândalo judicial de todos os tempos. Milani compara o episódio às solturas de condenados por parte do STF “Os ministros do STF só se esquecem de que a multidão brasileira não perdoa ladrão, portanto, pode custar muito caro a eles, afinal, estamos vivendo em 2020, bem diferente de 33 d.C”.

“STF Brasil” é interpretada pelo próprio autor, que disse se tratar de um desabafo e que não teme represálias. De acordo Milani, “a música consiste numa representação com letra autoral, os arranjos ficaram a cargo de Laerte Marques, os violões deram ênfase destacando a precisão dos solos de Cris Brívillier, gravado nos estúdios Brivas House, feitos entre músicos amigos, mostrando o que a Internet e os meios de comunicação estão cansados de mencionar. Porém o tema é algo inédito, extraído de fatos rotineiros da população há milênios”, finaliza.

Confira a letra completa de “STF Brasil”

Era tudo um paraíso tudo muito perfeito
Quando Eva tudo perdeu
Não puderam reclamar
O jeito foi mesmo ter que trabalhar

Não vejo mal nesse homem
Por que crucificar ele? É tão jovem
Pilatos lava as mãos e solta o ladrão
Naquele momento, entrega Jesus para multidão

Supremo Tribunal Federal, para nação faz tanto mal
Salve – salve os nobres – salve – salve os nobres
Pátria amada Brasil, céu azul cor de anil
Prisão para o pobre – STF Brasil

STF Brasil – Está circulando também nas mídias sociais o vídeo de chamada para compartilhamento, sem medo, dos versos, diversos, inverso do supremo reverso.